Início Fajãs dos Açores São Jorge
 
 
Fajã da Caldeira de Cima
ILHA DE SÃO JORGE
Faj„ da Caldeira de Cima PDF
1
2
3
4

Entre a Serra do Topo e a Fajã da Caldeira de Santo Cristo, a meia encosta, passamos pela Fajã da Caldeira de Cima.
As mulheres que aí viviam, antes de abandonarem esta fajã, dedicavam-se à tecelagem enquanto os homens à elaboração de cestos de vimes.
Um aspeto característico desta fajã é a presença abundante de água, que proporcionava a cultura do inhame, devido às suas nascentes (Fonte dos Inhames e Fonte da Família) e ribeira.
A ribeira engloba uma cascata que na sua base tem um lago com cerca de 2 metros de profundidade e mais abaixo vários lagos onde crescem eirós. Devido ao volume da ribeira contavam-se sete moinhos de água, dos quais atualmente só restam três e um chafariz.
Hoje em dia esta fajã encontra-se desabitada, permanecendo só algumas habitações de veraneio.

Ana Cardoso – Parque Natural de São Jorge