Início Centros Ambientais Estação de Peixes Vivos
 
Estação de Peixes Vivos // Aquário do Porto Pim Paula Vieira
ILHA DO FAIAL
Galeria
O edifício onde se localiza este Centro foi construído em 1836 pela Companhia das Pescarias Lisbonense com o objetivo de secar bacalhau pescado na Terra Nova. No entanto, a humidade dos Açores não permitiu a concretização do plano original. Continua...
Paula Vieira – Parque Natural do Faial
Paula Vieira Vídeo
Parque Natural do Faial
Telmo Gomes Vídeo
Flying Sharks
Rui Guedes Vídeo
Flying Sharks
Horário e contactos

O edifício onde se localiza este Centro foi construído em 1836 pela Companhia das Pescarias Lisbonense com o objetivo de secar bacalhau pescado na Terra Nova. No entanto, a humidade dos Açores não permitiu a concretização do plano original.

Em 1855, o edifício foi adquirido por Charles W. Dabney e convertido na primeira fábrica de extração de óleo de baleia. Com esta função, esteve ativo até 1942 tendo tido diversos proprietários.

Após décadas de abandono, em que chegou a funcionar como discoteca improvisada, o Governo Regional dos Açores recuperou esta interessante estrutura transformando-a na Estação de Peixes Vivos // Aquário do Porto Pim.

Integrada no Parque Natural do Faial, esta unidade inclui uma estação de transferência de peixes vivos, um aquário com algumas das espécies costeiras mais comuns nos Açores, uma exposição sobre o Parque Marinho dos Açores e um filme sobre o mar profundo da plataforma continental contígua ao arquipélago.

Este espaço tem como objetivo primordial a promoção do conhecimento sobre o Mar dos Açores, sendo a educação e sensibilização ambientais e a recuperação de animais marinhos sensíveis as principais missões que o Parque Natural do Faial efetua nesta unidade.

A empresa parceira Flying Sharks utiliza o aquário para aclimatação/estabulação de peixes que serão enviados para aquários públicos de todo o mundo. Desde Japão, Dubai, Estados Unidos da América, passando um pouco por toda a Europa, como Alemanha e Espanha. Os animais que estão hoje nos tanques serão amanhã autênticos embaixadores do nosso arquipélago por esse mundo fora.

Apesar da sua juventude, este aquário já tem histórias de sucesso para partilhar, como a recuperação de três tartarugas-bobas (Caretta caretta), que arrojaram na Praia do Porto Pim e que estiveram em recuperação neste Centro sendo, posteriormente libertadas para seguirem a sua longa jornada.

A visita à Estação de Peixes Vivos - Aquário do Porto Pim transforma-se rapidamente numa experiência enriquecedora e motivadora para partir à descoberta do gigante azul que envolve e abraça o Mar dos Açores!

Paula Vieira – Parque Natural do Faial